Mácula

Origem da palavra mcula

Do latim macula, que significa “mancha”, “nódoa” ou “defeito”.

A palavra mácula na língua portuguesa não sofreu muitas alterações na sua grafia proveniente do latim macula.

Por via culta, este é um termo empregado quase sempre no sentido figurado de mancha ou nódoa, como por exemplo: “Virgem sem mácula” ou “Imaculado Coração de Maria”.

Neste contexto, a mácula está relacionada com um sinal de impureza, uma imperfeição, incorreção ou quando se diz que a reputação de alguém está manchada.