Fígado

Origem da palavra fgado

Os franceses, gulosos incorrigíveis, submetem a um cruel regime de superalimentação os gansos que utilizam no preparo do famoso patê de foie gras (literalmente, "fígado gordo"). Muito antes deles, no entanto, os romanos mais refinados já costumavam engordar os gansos com figos em passa, obtendo assim a requintada iguaria que chamavam de jecur ficatum (jecur é "fígado"; ficatum vem de ficus, "figo"; a tradução seria, portanto, algo assim como "fígado com figos"). Com o tempo, jecur foi abandonado e só restou ficatum, que produziu fígado no português, hígado no espanhol e fegato no italiano. Por isso, quando uma pessoa simples se queixa erroneamente de "dor no figo", estamos diante de uma curiosa volta ao passado da palavra.