Escória

Origem da palavra escria

A palavra escória vem do grego antigo skoria. Skoria vem da raiz skor, que significa dejetos ou fezes.

A palavra grega skoria foi adotada pelo latim como scoria. Tanto em latim como em grego, escória tinha o significado de sujidade, algo que se devia deitar fora. Além de fezes, escória também era a sujidade que saía de um metal quando o metal era aquecido e derretido a temperaturas muito altas. Esse processo se chama refinamento, porque toda a sujidade (a escória) sai, deixando apenas o metal puro, pronto para ser usado para diversos propósitos. No fim do processo, a escória era jogada fora, porque era inútil.

Por causa dessa associação com fezes e sujidade, em português escória ganhou também o significado de algo repugnante, inútil, feio, ruim. Escória passou a ser usado como insulto, para falar sobre pessoas ruins, cheias de maus costumes, que não dão contributo para a comunidade. Por exemplo, uma se pessoa insultar outra pessoa, chamando-a de “escória da sociedade”, está dizendo que vê essa pessoa como um parasita, que só causa problemas e que nunca faz nada de bom.

Hoje em dia, a palavra escória é usada principalmente nesse sentido metafórico mas ainda é usada no sentido literal (restos saídos de um metal) na metalurgia.